Roteiro em Paris

Paris é uma obsessão certa para qualquer cinéfilo. A capital francesa já serviu de fundo (ou de protagonista) para diversos filmes e preencheu o que faltava de romantismo em cada uma delas.

Para qualquer pessoa que ama cinema ou se aprendeu a amar a cidade através dos filmes, visitar suas locações é inevitável para realmente conhecer a Paris com que sempre sonhamos. E este é um guia para quem tiver a oportunidade de colocar os pés na França.

Mas, para isso, vão antes aqui as dicas básicas. É necessário apresentar um comprovante de meios financeiros de, no mínimo, 50 euros por dia, além de um comprovante de reserva de hotel ou atestado de acolhimento. Somado a apresentação do bilhete aéreo de retorno, o visto para turistas brasileiros não é necessário.  A França assinou o Tratado de Schengen e, assim como outros países europeus, exige que você tenha um seguro de viagem de 30 mil euros para assistência médica, como explica essa página da Minuto Seguros.

Pronto para viajar? Aqui vão alguns lugares para se conhecer em Paris:

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001)

Indicado a cinco Oscars, o filme francês de Jean-Pierre Jeunet narra a vida de Amélie Poulain (Audrey Tautou), uma menina que cresceu isolada e foi criada pelo pai, até se tornar adulta e ir trabalhar como garçonete no bairro de Montmartre, em Paris. Ela descobre uma caixa em seu apartamento e devolve ao antigo dono, ao vê-lo emocionado decide fazer pequenos gestos para alegrar a vida de outras pessoas.


Canal Saint Martin, onde Amélie jogava pedras


O café onde Amélie trabalhava realmente existe, é o Cafe des Deux Moulins.

Moulin Rouge – Amor em vermelho (2001)

Estrelado por Nicole Kidman e Ewan McGregor, o romance musical de Baz Luhrmann ganhou dois Oscars (melhor direção de arte e melhor figurino) e foi indicado em outras sete categorias, inclusive melhor filme.

A história se passa em 1899, no bairro boêmio parisiense de Montmartre, para onde se muda o poeta Christian (McGregor). Lá fica o glamuroso bordel Moulin Rouge e a bela cortesã Satine (Kidman).

O bordel realmente existe e, sem dúvida, vale a pena fazer uma visita.

Meia-noite em paris (2011)

Com Owen Wilson, Marion Cotillard e Rachel McAdams, a comédia-romântica-fantasia de Woody Allen venceu um Oscar (melhor roteiro original) e foi indicada em outras três categorias. Na história o escritor e roteirista Gil Pender vai a Paris passear com a família de sua noiva. Quando chega meia-noite, Pender é transportado para o mundo fantástico de 1920, onde conhece ícones como Zelda e F. Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway e Pablo Picasso.

Este foi o primeiro filme de Woody Allen totalmente gravado em Paris e é uma declaração de amor à cidade. Allen nos leva a passeios turísticos como a Torre Eiffel, o Arco do Triunfo, a Catedral de Notre Dame, o Louvre e tantos outros.

Jardins de Monet, onde o famoso pintou viveu e se inspirou por 43 anos

Musée de l’Orangerie que reúne, entre outras, diversas obras de Monet e Picasso.

Maison Deyrolle, onde Gil e Adriana vão a uma festa de casamento. Decorado com diversos animais e plantas, o local era ponto de encontro dos surrealistas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s