Fim dos Tempos

Subestimados (#1)

Fim dos Tempo, de M. Night Shyamalan (2006). Quem foi ver Sexto Sentido nunca mais encontrou coisa igual na filmografia de M. Night Shyamalan. Hoje o indiano é um dos diretores mais mau vistos de Hollywood e provavelmente por quem apreciou o final de seu primeiro filme e ignorou que, naquele suspense todo, a camada mais grossa era a de um drama pessoal. As pessoas tem certo anseio pelo final que anula tudo o que vem antes. Coisa que não entendo. É tudo o filme: os poréns, entretantos e finalmentes. Eu pelo menos pago pela sessão inteira e não gosto nem de perder os trailers no começo.

Na época do lançamento, alguém que não me lembro, comentou que Fim dos Tempos começa no céu, desce para a terra e volta novamente para o céu. Tem algo de divino em todos os filmes de Shyamalan e talvez esteja mais forte nesse. Essa elevação está em todos os filmes dele. Seja no humano que se descobre super ou no garoto careca com poderes.

Primeiramente, Fim dos Tempos é tecnicamente excelente. Antes do gran finale que a maioria espera em qualquer filme de Shyamalan, existem cenas de horror incríveis, não duvido as melhores da década de 2000-2009. Elas são impactantes sem ser violentas da  forma mais vazia e existe um cuidado com cada uma daquelas pessoas que se suicidam para que não sejam volume. Existe tensão bem construída para que aqueles mortos sejam importantes sem que nem saibamos seus nomes.

No plano terreno existe o desconhecido e a vontade de saber o que é tudo aquilo. É a vida e ela nem sempre tem respostas, morremos sem saber. Plenamente errantes, vamos procurando significados que podem nos ser furtados. E é simplesmente incrível que o indiano tenha tido coragem de apontar a arma de seus personagens para qualquer lado.  Seus personagens amedrontados e perdidos podem correr da fúria divina, ou se esquivar de folhas que balançam. É irônico, tem um bom humor negro nisso tudo. Correr de árvores que estão lá paradas. E são só os personagens correndo, Shyamalan nunca dá voz a qualquer um que seja um possível inimigo. Pode ser tudo ilusão deles.

E os personagens, bem construídos, continuam sendo fúteis como desse nosso lado da tela. Em meio ao bafafá todo o casalzinho vê importância em pedir desculpas por um adultério. Ou simplesmente pelo desejo.

O filme acaba e, antes de subir novamente aos céus, nós ainda não sabemos de nada. É quase piegas aquele final bonitinho, mas é o que temos para nos agarrar até que sejamos devidamente esclarecidos. Shyamalan dá a dica de uma doença social. Em dado momento um personagem diz que perdemos contato, e quando questionado sobre quem, responde que de tudo. E no final, pode soar falso ou forçado, mas estão lá os três personagens principais do filme familiarmente abraçados, em contato.

Tem algo de superior nesse Fim dos Tempos. É ser corajoso o suficiente para não ser um acalanto. E para mim, está muito bem esclarecido que isso é perfeitamente plausível para filme de terror.

 

Filmes Citados:
1998 SEXTO SENTIDO (The Sixth Sense) ***
2008 FIM DOS TEMPOS (The Happening) ****

Anúncios

3 Respostas para “Fim dos Tempos

  1. Cara, achei muito ruim esse filme. Atuações fracas, roteiro sem sentido. O típico filme que não prendeu a minha atenção em momento nenhum.
    Realmente o diretor indiano deu o “azar” de fazer sua obra-prima logo no início de carreira.
    Abraço.

    gatosmucky.blogspot.com

  2. Nem sou dos que acham O SEXTO SENTIDO o melhor do Shyamalan (na verdade, acho que tal posto deve ser ocupado por A VILA, apesar de CORPO FECHADO também ser magnífico), mas não acho mesmo que FIM DOS TEMPOS seja isso tudo. Vejo-o como um filme onde nada, ou muito pouco, funciona. Os protagonistas são insossos e mal interpretados por Wahlberg e Deschanel, e toda a trama do filme soa, para mim, como desculpa para o Shyamalan seguir a modinha dos “filmes ecologicamente corretos”. O problema é que a ideia até é boa, mas a execução, pífia.
    Em tempo: também acho A DAMA NA ÁGUA um ótimo filme.

  3. A Dama na Água é meu preferido Wallace, já de A VILA não gosto tanto,é um dos que gosto menos na verdade. Esse FIM OS TEMPOS viria seguido de Dama nos meus preferidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s