O Oscar e os subestimados

Steven Spielberg disse muito bem domingo na noite do Oscar: o vencedor do prêmio de Melhor Filme entra em uma lista acompanhado de O Poderoso Chefão, mas aqueles que não levaram a estatueta estão juntos de Cidadão Kane e Touro Indomável. É também esse o motivo da cerimônia ter abolido o “the winner is…” pelo “the Oscar goes to”, não existem perdedores. E nem há como. O Oscar não dita os filmes eternos a não ser para a própria academia.

Eu aposto no rápido esquecimento de O Discurso do Rei, que venceu o maior prêmio desta 83ª edição, e não sou o único. O tempo fará grande algum outro filme, não necessariamente o meu preferido de hoje, mas algum que mereça tal imponência. A questão desse parágrafo todo é que vira e mexe um subestimado ganha sua merecida fama. Cidadão Kane mesmo. Precisou a Cahiers ir lá e gritar para escutarem.

Nem é tão difícil assim ignorar qualidades, o cinema é bastante sensorial e nós podemos estar gripados. O tempo em que inclui a película também tendencia o público. E é também o tempo que desgastará falsas boas idéias.

Em um dever psicológico cinéfilo pretendo defender um pouco esses subestimados e quem sabe levar algumas pessoas a uma revisão.

O primeiro filme que devo tratar é do diretor que acho o mais subestimados dos atuais: M. Night Shyamalan. As pessoas gostaram do quadradinho Sexto Sentido com seu final surpreendente e quiseram – eles e os produtores – comprar/vender essa mesma idéia  em todos os outros filmes do indiano. Meu preferido do cara é A Dama na Água, mas até entendo se a pessoa não for de tipo que embarca de cabeça naquela fantasia toda. Mas acho que existe coisa suficiente para ser discutida sobre seu segundo melhor filme, Fim dos Tempos. E também porque esse é provavelmente o filme mais xingado nos comentários do blog, alguns inclusive reprovados.

 

Filmes citados:
1941 CIDADÃO KANE (Citizen Kane) *****
1972
O PODEROSO CHEFÃO – PARTE I (The Godfather – Part 1) *****
1980 TOURO INDOMÁVEL (Raging Bull) *****
1998
SEXTO SENTIDO (The Sixty Sense) ***
2006
A DAMA NA ÁGUA (Lady in the Water) *****
2008
FIM DOS TEMPOS (The Happening) ****
2010
O DISCURSO DO REI (The King Speech) **

Anúncios

Uma resposta para “O Oscar e os subestimados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s